11 8 / 2014

"Não é que seja exatamente corajoso, meu coração tem é isso de bom: não ocupa espaço com mágoas e, com o tempo, ele se tornou desmemoriado pra assuntos de frustração. Quando me dou conta, lá está ele amando de novo, sorriso de orelha a orelha, com tal frescor que parece que nunca foi ferido. Dá, sim, pra ver uma cicatriz aqui e ali, outras mais adiante, que cicatriz não morre, mas ele não liga. Nem eu. Não é que seja exatamente teimoso, meu coração tem é isso de bom: gosta de amar. Eu também."

11 8 / 2014

"Mulheres são como maçãs em árvores. As melhores estão no topo. Os homens não querem alcançar essas boas, porque eles têm medo de cair e se machucar. Preferem pegar as maçãs podres que ficam no chão, que não são boas como as do topo, mas são fáceis de se conseguir. Assim as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas, quando na verdade, eles estão errados… Elas têm que esperar um pouco para o homem certo chegar, aquele que é valente o bastante para escalar até o topo da árvore."

Machado de Assis.   (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Fonte: evadindo, via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

11 8 / 2014

"olho pra ela e penso: você não é mulher pra mim. só penso. mas sinto um peso no ar, uma mudança atmosférica mesmo, e você vira pra mim e diz: “sou sim”, do nada, como se realmente existissem essas coisas de “do nada”. é óbvio que, a esta altura, eu já nem sei mais porque ela me diz isso: um “sou sim” solto e bobo e, ainda por cima, vindo do nada. eu respeito coisas que vêm do nada. elas viajaram muito. e ela me veio do nada também. viajou muito pra chegar até aqui. mas eu já estou começando a perder o respeito. eu tô meio no piloto automático: sem saber direito porque respeito, mas respeitando mesmo assim. está tudo bem. quero não saber. melhor assim. eu não sou homem pra você."

11 8 / 2014

"Sei lá, foi mal. Foi péssimo. Eu sou todo errado, e consecutivamente, minhas atitudes são assim também. Eu quero ficar contigo, mas sempre piso na bola. Mas é que eu te afasto achando que tu merece alguma coisa melhor que isso. Alguma coisa que te garanta, e que te faça bem. Mas é que eu erro mais do que acerto. É que querendo que você fique, eu acabo te fazendo ir. Não quero te prender, mas é foda te soltar. É foda porque eu sei que qualquer coisa é melhor do que eu. E eu não sei se aguentaria ver você vivendo outra bagunça por aí. Eu não demonstro nada, eu sei. Guardo tudo pra mim porque sou medroso demais. Mas sei lá, tu sabe das coisas. Tu sempre foi mais esperta que eu, sempre soube como lidar com tudo que eu evitava. Você é esperta, mas evita pensar na nossa bagunça. Porque se tu parasse pra pensar, com certeza já teria ido embora. Tu sabe que eu complico tudo, que eu tô sempre apertando a mesma tecla. Tu é difícil, claro que é. Tu é complicada e é complexa. Mas tu é… Sei lá, não dá pra te definir. Tu é alguma coisa que eu nunca vi antes, é alguma coisa diferente. E tu tem alguma coisa diferente. Eu sou comum. Não mereço um terço de você, mas mesmo assim, tu não larga. E mesmo que eu saiba disso, não deixo tu largar. É meio desajeitado e totalmente confuso. Porra, foi mal por isso. Mas é que se eu perder você, acabo me perdendo. E tu sabe muito bem que eu já sou meio perdido. Tenta me aguentar, tenta segurar as pontas. Porque eu tô tentando também. Do meu jeito torto e babaca, mas tô tentando. Porque tu não é fácil. Conviver contigo é difícil, é um problema. Mas tenho a leve impressão de que conviver sem essa bagunça, seria bem pior."

 robin and stubb.  (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Fonte: refez, via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

11 8 / 2014

"A maior parte do mundo estava doida. E a parte que não era doida era furiosa. E a parte que não era doida nem furiosa era apenas idiota. Eu não tinha chance. Só aguentar e esperar pelo fim. Era trabalho duro. O trabalho mais duro imaginável."

BUKOWSKI, Charles. Pulp. (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Fonte: ovelhosafado, via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

11 8 / 2014

(Fonte: come-on-stars, via renovada)

11 8 / 2014

"Para quem está com os sonhos caindo aos pedaços, com o coração cansado e quebrado; você não está sozinho. Aquele que acalmou a fúria dos mares, é o mesmo que colhe suas lágrimas. A voz que traz vida aos mortos é a mesma que fala ao seu coração. Escute-o. Essa é a voz que te leva de volta para casa. As mãos que estão estendidas para você são as mesmas marcadas pelos cravos. Você não está sozinho. Aquele que devolveu a visão aos cegos é o mesmo que coloca esperança no seu olhar. Com o mundo desmoronando, nos braços de Deus encontrará abrigo, estará seguro. As mãos que seguram o mundo são as mesmas que seguram o seu coração."

Algo sobre o amor.    (via renovada)

(Fonte: cordas-da-lira, via renovada)

11 8 / 2014

"O que eu realmente quero que você saiba é que não importa o tempo que passe, o que aconteça ou o que a vida nos ensine. Não interessa quem somos ou quem vamos nos tornar. O que vale é o que carregamos dentro de nós. E você, guarde isso na memória para todo o sempre, eu te carrego junto comigo todos os dias."

Clarissa Corrêa.    (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Fonte: so-quotes, via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

11 8 / 2014

"E é por isso que não se deve perder tempo com ladainhas preconceituosas e fingimentos intelectuais. Se você não sabe do que está falando, cala a boca. Talvez você aprenda alguma coisa ouvindo. O silêncio liberta."

Cato Alberico Ribeiro    (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Fonte: blues-dapiedade, via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

11 8 / 2014

"Te desejo uma fé enorme. Em qualquer coisa, não importa o quê. Desejo esperanças novinhas em folha, todos os dias. Tomara que a gente não desista de ser quem é por nada nem ninguém deste mundo. Que a gente reconheça o poder do outro sem esquecer do nosso. Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades, mesmo que as mentiras e as verdades sejam impermanentes. Que friagem nenhuma seja capaz de encabular o nosso calor mais bonito. Que, mesmo quando estiver doendo, não percamos de vista nem de sonho a ideia da alegria. Tomara que apesar dos apesares todos, a gente continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de se sentir feliz. As coisas vão dar certo. Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz. Se não tiver, a gente inventa. Te quero ver feliz, te quero ver sem melancolia nenhuma. Certo, muitas ilusões dançaram. Mas eu me recuso a descrer absolutamente de tudo, eu faço força para manter algumas esperanças acesas, como velas."

Caio Fernando Abreu.   (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Fonte: beocio, via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)